segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Reflexões sobre a Sensibilidade

    Esta semana terminei de ver a melhor estória de fantasia de que já tive conhecimento; confesso que estou com saudades. Pra mim, tal estória é melhor que Harry Potter, Percy Jackson e até Nárnia, tudo por um simples motivo: Natsume Yuujinchou [O Livro dos Amigos do Natsume] transborda algo como nunca vi em lugar algum. É uma complexa metáfora sobre a pura sensibilidade.
    Takashi Natsume perdeu os pais bem cedo e, desde então, mora na casa de parentes, se mudando quase toda semana porque ninguém suporta as suas "mentiras".  O que de fato ocorre é que ele é o único com sensibilidade o suficiente para enxergar o que ninguém vê. Retirando a metáfora, eis o que a filosofia chama de desbanalizar o banal.
    Já parou pra pensar como as pessoas são "descartadas" por serem sensíveis? Não me refiro àquelas que choram por tudo, essas são dramáticas, mas sim àquelas que enxergam o mundo de modo diferente, de opinião forte.
    Tenho o exemplo de uma amiga minha minha que, quando menor, era a "excluída" da turma por ser alguém de opinião própria e não uma Maria-vai-com-as-outras. Ela ainda é assim, e a admiro muito, com ela amadureci bastante e devo boa parte do que sou hoje às nossas discussões. São pessoas assim que mudam o mundo.
    Takashi mostra isso com uma habilidade sem par. Sua sensibilidade é tanta que ele é capaz de compreender o lado dos outros, se preocupando com o bem-estar alheio e olhando sem rancor as pessoas que o machucaram profundamente. Uma das passagens que mais me tocou foi na última temporada, quando ele reencontra uma menina que o maltratava quando menor. Ele diz, brevemente e com um sorriso no rosto: eu não vou roubar a sua família.
    E eu quero ter toda essa sensibilidade, ser capaz de ver tragédias no jornal e me emocionar, como a amiga que mencionei, em vez de tratá-las como algo normal, banal. Eu também adoraria se as pessoas tivessem, ao menos, um pouquinho da personalidade do Natsume: serem calmas mesmo quando sofrem injustiças; não serem egoístas e orgulhosas com seus dons e saberem se colocar no lugar do outro. Esta é a pura sensibilidade da qual precisamos.

Bem diferente o post de hoje, não é? Espero que tenham gostado, acho que estou um pouco sem criatividade, mas gostei desse texto, por isso ele está aqui. Ah, vou ficar menos online, acho, porque pretendo assistir mais animes (como deu pra perceber) e ler todos os livros que encomendei nessas férias. Claro que vou continuar retribuindo todos os comentários, desde já agradeço por todo o carinho de vocês, seu lindos ;D

25 comentários:

  1. Eu queria ser uma pessoa sensivel também, de ver as coisas de um modo diferente, de ter calma, paciencia, de ver as noticias no jornal e não tratar como se não fosse nada.
    Uma pena que sensibilidade é algo muito dificil de encontrar nas pessoas, será que dá pra desenvolver a sensibilidade?

    Achei muito interessante a tematica do anime, vou assistir quando puder *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também espero, viu? Mas, como os gregos diziam, a virtude é um hábito. Sendo assim, quanto mais trabalhamos a nossa sensibilidade, mais ela se desenvolve, não é?

      Excluir
  2. Amei muito seu texto eu queria ser mais sensível também . Seguindo, retribui ?

    www.meus-pensamentos.com

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada por histórias desse tipo, fiquei interessada! Vou ler.
    Linda resenha, beijos!
    Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, é um anime, mas também tem o mangá. Aliás, o link deu problema porque o site em que sempre assisto tinha parado de funcionar, mas eles ajeitaram e voltaram com um novo endereço e eu já mudei ai ;)

      Excluir
  4. É verdade. Espera-se das pessoas um comportamento viral, daqueles que são iguais e sem opinião. Isso porque evita muita coisa que as pessoas não tem coragem/vontade de ouvir. Os que tem personalidade são vistos como brigões, como quem gosta de discutir. E não é bem isso... parafraseando o que vc disse, essas pessoas são as que tem disposição pra mudar o mundo.
    Eu nunca vi esse anime, nunca tinha ouvido falar, na verdade. Mas gostei do seu texto sobre ele, achei muito sincero.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vivian. Também vejo assim, eu sou meio assim também, eu discuto quando sei que estou certa, ou às vezes por pura teimosia, peguei essa mania com a amiga que mencionei... Mas espero mudar o mundo também, têm tanta coisa que precisa melhorar...
      Fico feliz em saber que achou interessante, eu indico, sério. Amoo demais Natsume Yuujinchou ♥

      Excluir
  5. Assim, acho muito lindo quem é sensivel assim, essas pessoas geralmente veem beleza onde não tem, sabem o que querem e isso é o máximo. Gostei muito do post.
    @awnste
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir
  6. lindo o texto eu gostei sim deveria fazer mais como estes ! bjs
    www.victoriapresunda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vou tentar fazer mais posts assim! Acabei de assistir Kimi ni Todoke e acho que ele merece ser analisado por aqui, viu? É muito lindo, para os românticos de plantão é um prato cheio!

      Excluir
  7. O.o Lindo texto, sou uma garota que por fora se dá de durona mas por dentro, sou sensível, demais.

    http://pequenachica-official.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. COm sua permissão, eu posso colocar no final de semana, de quinze em quinze dias seu texto no meu blog?

    eles são lindos *o*

    @esteffanifontes, segue? Beijos,
    Aos Dezesseis Anos - aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, pode sim, me sinto honrada com o convite *o*

      Excluir
  9. Eu sou sensivel e dramatica, mas sempre me faço de fortona na frente dos outros. A orgulhosa. A que pode superar algo triste rápido demais, mas eu sei bem que não é bem assim. Enfim, adorei o texto. Ficou muito fofo *-*

    Beijos,
    Monique <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, sou exatamente assim. Ao menos, era, estou tentando mudar. Eu sempre achei que se mostrar sensível era sinal de fraqueza, mas não, é sinal de uma coragem sem limites, porque quem chora é honesto consigo mesmo...

      Excluir
  10. Acho que principalmente quem escreve, Samyle, tem uma sensibilidade imensa. E pessoas assim são 'excluídas' porque veem o mundo de outra forma. Fiquei com vontade de ler o livro, só me falta o tempo, rs.
    Beijinhos

    hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode ler o mangá (traduzido, ebaaah!) neste link: http://rebmanga.com/natsume_yuujinchou/
      e não tem desculpa, ele é dividido em pequenas partes, dá pra ler rapidinho cada uma delas! Mas só online mesmo, porque não foi trazido pra cá, a não ser por fãs (gente fina, maravilhosos!) que quiseram dividir esta arte conosco.

      Excluir
  11. Olá Samyle,
    gostei do teu post apesar de ele ser diferente.
    E fiquei com vontade de ler animes nas minhas férias também,
    meu irmão coleciona, e eu nunca parava pra ler. Até outro dia.
    O assunto que seu post abordou me fala diretamente sobre algo que tenho, e do qual as vezes penso 'sofrer'.
    A sensibilidade nos torna mais humanos em tudo. É nobre, doce, mas é inquietante também justamente por abrir os olhos a coisas que outros preferem não ver.
    Se as pessoas fossem mais sensíveis, no sentido de sentir mais,
    acho que tudo seria bem melhor, principalmente os relacionamentos.

    Um beijo,
    Boas férias!
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso assim, a sensibilidade é imprescindível, embora as pessoas valorizem tanto a razão, ela simplesmente está nos tornando individualistas...

      Excluir
  12. Amei o texto! sou uma pessoa muito sensivel .
    Já conhece o meu blog? Poderia dar uma passadinha e me seguir? É muito importante para mim. Estou em uma meta de 2mil seguidores e preciso da sua ajuda.
    Beijos ,
    http://www.paaradateen.com

    ResponderExcluir
  13. Ameeeiii muitooo o texto!!!
    Muito lindo!
    Já estou a seguir o blog :)
    Bisous.

    http://www.pequenomuffin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. visitando os afiliados, eu não preciso nem comentar sobre o texto né? haha

    seria pedir muito para que curta a page no face? é novinha, fiz hoje.
    https://www.facebook.com/pages/Aos-Dezesseis-Anos/143682522449086
    Se quiser, eu retribuo..

    @esteffanifontes - tt
    Aos Dezesseis Anos - aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    Obrigada pela reflexão, li e fiquei *o* de boca *o* aberta *o*...
    Já estou seguindo...
    climbteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi flor , adorei seu blog , muito lindo *--*
    Já estou seguindo , se der retribui ? Beijos !

    http://meninasemsentido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir