segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Refúgio; choro; dor

Ando desejando um refúgio. Meu quarto já não serve, nem minha casa, tampouco. Mas a dor, teimosa como só ela, se alojou de vez em meu peito e eu não sei como expulsá-la.
Sabe, eu tenho um pedido estranho: eu gostaria de chorar.  Por quê? Simples, estou cansada de sufocar a minha agonia no travesseiro, de conter as lágrimas quando querem sair por causa do momento inconveniente. Eu gostaria de chorar. Chorar de verdade, mesmo que por motivos banais. Para isto, preciso de um refúgio isolado, um lugar onde me sinta realmente segura.
Eu também gostaria de refletir horas seguidas, sem qualquer distração; sem este computador cheio de livros que há séculos desejo ler; sem esta internet cheia de animes que há muito tempo eu deveria ter visto. Isto, estou atrasada, de algum modo. Enfim, eu preciso desacelerar a minha rotina e refazê-la à meu favor. Refletir; chorar. Quem sabe assim eu não descubro de onde vem esta dor? Ou desvende os problemas que criei, e resolva-os? Ora, talvez eu só queira saber o motivo dessas lágrimas secas!
Eu virei um mistério para mim mesma.

13 comentários:

  1. me identifiquei muito com seu texto. Adorei o blog.

    http://relembrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, pequena.
      Seu blog é um encanto, tão acolhedor. Amei!

      Excluir
  2. Samyle :)
    Como vai?
    Como a Juliana já disse,me identifiquei com o texto também.
    O pior não é encontrar um refugio,o pior é saber que o refugio que eu tinha não é mais o mesmo...a pessoa que eu gostava e talz não é mais a mesma de antes :(

    Po,agora você deu uma de "spoiler"..eu não vi Another todo ainda kkkkkkkkkk
    Esse mês tem evento aqui na minha cidade..você já foi em algum?

    Beijos e cuide-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, sinto muito Sandro, eu não sabia!!! Bem, eu passei por isso porque uma amiga (que tinha assistido) me disse quem era o morto e eu passei o anime todo querendo entender o nexo com a informação que recebi e... nada. É impossível prever.

      Olha, não acho bom quando nos refugiamos em pessoas, creio que a paz deve ser encontrada dentro de nós (e para encontrá-la precisamos refletir bastante)pois, como você mesmo disse, as pessoas podem nos decepcionar. Nós também nos decepcionamos, mas é mais fácil aceitar as suas próprias falhas.

      Excluir
  3. Me identifiquei. Puts eu queria ter um refugio, um cantinho, um lugar pra ir quando não me sentisse bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei bem como é. Ultimamente, gostaria tanto de possuir um, mesmo que por um breve momento. Creio que me tornaria uma pessoa melhor se retira-se esta armadura e me deixa-se ser. Livre.

      Excluir
  4. Muito bom seu texto, as vezes ando atras de um refugio tambem, muitas vezes o quarto me basta outras nada me basta e pro ai vai, mas uma hora encontramos o refugio em nós mesmas *-*
    ~Obrigado pela visita no meu blog flor *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era isto que estava pensando agorinha, Looh! Eu devo encontrar a paz dentro de mim, porque liberdade e paz são estados de espirito.

      Excluir
  5. sabe, às vezes, a gente precisa mesmo de um tempo só nosso. você deveria ver a sua agenda,e marcar um tempo para si. sério,faz um bem. tenta preenchê-lo com algo que goste.
    Emilie Escreve~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela dica, Emilie. Aos poucos eu vou melhorando, acho que estou me preocupando demais com 'o que fazer' (me divertir) do que com o que sinto, como antigamente eu fazia. Eu sou o tipo de pessoa que precisa de horas refletindo, do contrário, viro uma estranha a mim mesma. Não basta me conhecer superficialmente, eu necessito entender-me quase que por completo, do mesmo modo com as pessoas que me rodeiam.

      Excluir
  6. "Eu virei um mistério pra mim mesma." Maravilhoso! Que texto lindo, sério mesmo, estou amando seus textos, parecem ser tudo a ver comigo. Também preciso desacelerar o meu tempo, me pôr de fora disso tudo e simplesmente observar a mim, rever as coisas, pois por mais tempo que há, todo ele está preenchido de coisas que poderiam dar prioridade a outras mais importantes. Quando leio um texto seu, lembra a mim, só que há um tempo atrás... Você tem a essência da escrita, e eu tô me perdendo da minha.
    Beijos.. Ana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Obrigada, Ana. Estou até sem palavras! Me emociono ao saber que os outros se identificam comigo porque, além de me sentir mais 'normal', sei que posso estar ajudando alguém ao fazê-lo se sentir 'normal' também.
      Beijos

      P.S.: Seus textos continuam ótimos, me identifico com eles também!

      Excluir
  7. Olá amore,vc tem gato ou cachorro?
    gosta de mima-los? to sorteando roupinha
    e to passando especialmente para te convidar
    espero que participe!
    será uma honra
    obrigada!
    bjs ótimo feriado
    e perfeito fim de semana
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir